As experiências dos Grupos com Portadores e Familiares

Oi, pessoal!

Gente, no twitter tenho seguido algumas pessoas de outros países e que falam sobre a EM. Tem sido interessante ler o que eles postam. Minha impressão é de que, em Inglês, temos mais informações técnicas e de curiosidades sobre a EM. Em Português, falando também da minha impressão, é que o material sobre a doença é mais reprodução ou então relatos pessoais da convivência com o diagnóstico. Pode ser, e tomara, que eu esteja errada a esse respeito.

Mas enfim, entrei para contar sobre um post que li de um blog americano (http://multiplesclerosis-relief.com), onde a autora fala sobre jogos para melhorar o desempenho do cérebro nos pontos onde a EM mais atinge: memória, atenção, concentração, velocidade e flexibilidade de raciocínio, bem como resolução de problemas. Ela não é profissional da saúde, mas seguiu a orientação de um ao ir em busca desses jogos. Trata-se de um site, também americano, que oferece três dias livres para experimentar os jogos que supostamente trariam uma melhora para essas funções cognitivas.

Se assinar o site, você tem um acompanhamento de 30 dias e eles ainda prometem uma melhora significativa para cada uma das funções. Trazem dicas e informações também. Eu entrei lá e joguei o treino do primeiro dia. Muito interessante, realmente desafiador, bem organizado e rápido. Gostei muito, pena que não tenha uma versão em Português. Mas pra quem está afiado no Inglês, vai até lá e joga seus três dias livres. O site: http://www.lumosity.com.

E o site parece ainda mais quente por ter o apoio de universidades estrangeiras como a famosa Harvard. Assim sendo, eu recomendo muito a todos que tenham um bom nível de Inglês.

Mas, só pra puxar a sardinha pro meu lado, eu fiquei feliz ao ler uma das recomendações do site:

Lumosity Recommends

“Be social: Interacting with others supports cognitive health by exercising diverse areas of the brain.”

TRADUÇÂO: o site recomenda: “Seja social: Interagir com outras pessoas apóia sua saúde cognitiva através do exercício de diversas áreas do cérebro.”

É isso aí! Mais do que confirmado que a interação com pessoas traz melhora ao sistema autoimune e também exercita diversas capacidades da nossa cognição.  Sendo assim, as interações nos grupos de apoio não são meramente paliativas, mas extremamente terapêuticas e travam guerra contra a EM de fato!

Fica a dica a todos que ainda estão pensando em participar dos grupos.

Abraços e ótima semana social a todos!!!

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: